2007-04-02

O que seria do homem sem a mulher?


"Atrás de um grande homem está sempre uma grande mulher" - Ora aqui está um cliché com curto prazo de validade. É facto que muitos dos grandes vultos masculinos da História contaram com uma grande mulher no backoffice. Ora se as mulheres estão a dar cartas na sociedade contemporânea, não há-de faltar muito para serem elas a "genializar" e o homem a ficar em segundo plano.
Isto é muito bom numa perspectiva de justiça histórica, já que se fizermos um exercício de memória, notamos que há meia dúzia de mulheres que se evidenciaram entre milhares de homens. Injusto, este facto, uma vez que muito provavelmente foram usadas as ideias e invenções de muitas centenas de mulheres. Há casos conhecidos em que foi atribuído o mérito ao varão por uma invenção que foi de facto desenvolvida pela sua esposa. Não duvidem.
O que se passará daqui em diante, agora que as mulheres dominam o meio universitário e científico? - Uma inversão dos papéis, obviamente. Isto leva à alteração da conhecida frase para "Atrás de uma grande mulher está sempre um grande homem" (isto não é uma piada de cariz sexual, como constatarão já de seguida), o que acarreta uma infinidade de potenciais problemas:
- Colocar sobre o homem a responsabilidade de organizar a vida de uma inventora, escritora, política, etc é perigosíssimo!!! Já pensaram como que será a vida da mulher que descobrir o método para derrotar o vírus da SIDA? - É a roupa amontoada para lavar aos 15 dias seguidos, são os fihos esquecidos às 3 e 4 horas depois da saída da escola, é a casa numa confusão, etc...
Muito provavelmente, com o seu genial sentido de organização de uma casa, o marido é bem capaz de perder o dossier com as conclusões finais e com o "segredo" para cura de uma doença, ou o manuscrito do genial romance...
É triste mas é verdade: Nós não somos organizados. E o mundo vai sofrer com isso.