2007-12-26

Bermudas



Ouvi agora à hora de almoço que os portugueses que vivem nas Bermudas não puderam renovar os passaportes e consequentemente, passaram o Natal longe da família e da terra natal. Citando o DN, "Os portugueses residentes nas Bermudas sentem-se abandonados e indignados com o governo de Lisboa devido ao encerramento do consulado de Portugal em Hamilton".

EU POSSO RESOLVER ISTO. SOLIDÃO NUNCA MAIS, CAROS IRMÃOS.

O consulado português está fechado desde 2001, e o Ministério dos Negócios Estrangeiros apenas tem enviado um funcionário de tempos a tempos. Ora isto soa-me a... FÉRIAS. Resolvi prestar o meu serviço à pátria e enviei o meu C.V. como foto e tudo para o Ministério. Nem preciso de edifício para o consulado. Fica aqui o aviso a todos os portugueses residentes nas Bermudas que se eu for nomeado consul, atendo todos os dias das 9h às 19h, no bar da praia da foto acima. Os meus serviços são pagos em bebidas e tostas mistas. Sou altamente corruptível e se me pagarem margheritas, mai tai's e whisky velho a um bom ritmo, passo vistos para imigração ilegal para amigos, conhecidos ou mesmo para aves com gripe.

3 comentários:

m disse...

realmente, subir de presidente da camara de lisboa ( ver uns quantos posts atrás... ) para o alto representante português nas Bermudas, sem ter passado pelo cargo primeiro acima citado parece algo de muito BOM!

(deves ter tirado o curso na moderna ou assim!)

e agrada-me esse espírito de iniciativa, de resolução de problemas, esse nobre espírito de sacrifício, essa preserverância...

candidato-me já aqui para um tacho possível, prometo concordar sempre com o Alto Chefe, lamber-lhe as botas, tratar dos subornos pessoalmente e mandar espancar/ fazer desaparecer ( não fosse o cenário - Bermudas ) qualquer ameaça ao poder do Acarinhado Alto Chefe...

seria, sem dúvida, excelente aquisição, envio foto em bikini em anexo... (se for necessário entregar pessoalmente... é só o Admirável Acarinhado Alto Chefe dizer)

tiagugrilu disse...

Cara M

(presumo e espero que seja uma M e não um M, ou a foto de biquini não vai ajudar muito à sua contratação)

Espírito de sacrifício sempre foi a minha maior qualidade, e quando vejo pessoas com iniciativa como a M, penso logo nas coisas positivas que podemos fazer em conjunto a bem da Humanidade.

Vou analisar cuidadosamente a sua fotografia (espero que seja de frente e verso) e espero que me envie um suborno o mais rapidamente possível. Fica desde já no ar a possibilidade de me dar assessoria no Gabinete dos Altos Estudos de Dolce-Fare-Niente.

Principais funções:

- Verificar as condições meteorológicas e temperatura da água;

- Provar todas as bebidas que eu tiver que beber no decorrer da minha actividade profissional;

- Organizar a fila de portugueses que pretendem renovar o passaporte por ordem de cores de roupa e de sensualidade.

- Dar ordens sem sentido aos seus subordinados.

Horário: Das 9h às 19h, com 9 horas para almoço.

Local de Trabalho: Praia da foto, Bar, Antigo edifício do consulado.

Remuneração: Nunca menos de 10.000 euros semanais.

Com os melhores cumprimentos,

Tiago Grilu, consul de Bermuda e de Bermudas.

João Castanhinha disse...

LOL!!!
Goods Entrances!!!