2008-03-27

Pensamentos ao Metro


De vez em quando surgem-me diálogos na cabeça despoletados por pessoas que me aparecem à frente. Hoje ia eu no metro, entra uma rapariga com ar de javardolas e com aquelas sobrancelhas que parece que só começam já a meio do olho (a foto de cima não explica bem, mas não consegui melhor), muito fininhas e a fazerem um semi-círculo.
À bardajona, pronto.

Ocorreu-me isto:

"Eish pá, ca g'anda merda que fizeste(s) tu pr'aí... Olha, pode ser que lá em baixo tenha corrido melhor..."

3 comentários:

BLOGA-MOS disse...

Ó estafermo, não me fodas a fantasia libidinosa. Juízo!

tiagugrilu disse...

Ahahahah!

mariamargarida disse...

o metropolitano é uma fonte de inspiração, se é q me entendes...

e um risco a lápis preto em lugar das sobrancelhas?... tb as há assim e são assustadoras.