2008-09-26

Acabou de chegar


"Acabou de chegar um dos melhores astrólogos do nosso país"

Mais um Académico com grau de mestrado e ainda por cima lecciona. Benvindo, Hamete.
Muito fixe, mas...

Peraí... Se ele é do nosso país, como é que acabou de chegar?
Ou melhor, acabou de chegar de onde?

- Dos Açores?
- Da Madeira?
- Da Ilha de Tavira?

Ou foi ao Congo tratar dos papéis e agora voltou, já pronto para se legalizar? Não. Ele não voltou, ele acabou de chegar. Isto só adensa a aura de mistério que recai sobre este homem... Quem será e que poderes terá?

Nunca saberemos. Pelo menos até lermos o papelinho até ao fim. Aí passamos a saber, mas continuamos a não acreditar. É um gajo que afirma resolver o problema da fidelidade absoluta entre esposos.
Do género: Um casal de esposos (dois homens, portanto) que é absolutamente fiel um ao outro, vão lá ao Hamete e resolvem a situação, passando a ser um casal homossexual promíscuo e polígamo igual a tantos outros.

Mas é preto, isso é certo, podem confirmar ali no cartão onde ele afirma que é "Dotado de dom hereditário". O que eu gostava de ser dotado de dom hereditário...

Ainda por cima vem logo todo cheio de trocadilhos, com um nome que parece saído de uma música pimba... "Hamete..."

Já estou a ver como é que ele inicia o engate... Chega alguém (uma mulher) ao n.º 66 da Calçada do Poço dos Mouros, toca à campaínha do Rés-do-Chão:

Trrrrrrrriiiimmmmmm...!!!

Professor: - Sim?
Cliente: - Professor Hamete?
Professor: - Sim, sim, professor mete. Ah, mete mete...

Puro charme.

P.s.: Só agora é que notei que não é Calçada do Poço dos Mouros, mas sim Calçada do Poço do Poço dos Mouros. Um poço dentro do poço dos Mouros. Este homem é mesmo misterioso, pá.

6 comentários:

Bruninha disse...

LOOL Adorei o poço dentro do poço do poço!

Bloga-mos disse...

Estou tão pedrado que já o convidei para a minha "junta médica".

tiagugrilu disse...

Essa rua é aqui perto da minha casa. Para a semana, passo lá a ver onde é o n.º66 para descobrir onde é o tal poço do poço da rua do poço dos mouros do poço.

Bloga-mos: Fazes bem. O gajo pela pinta, nos tempos livres deve orientar da paquistanesa.

Chandelier disse...

Genial.

Hamete devia era voltar para o poço de onde veio! ;)

grassa disse...

Dude, acabei de reparar que me tens ali nos coisos dos links...

Epá... venha de lá esse abraço!

tiagugrilu disse...

Ah pois é, bébé.