2009-01-14

Este país pode ser para velhos!


A D-Mail contra-ataca. Quando eu pensava que já tinha lido todas as páginas da revista, surge-me esta impressionante página 58 com a útil Bengala Multifunções.

Em primeiro lugar, cheguei à conclusão de que o Estado não deve estabelecer a idade da reforma com base na esperança média de vida. Deve sim guiar-se por aquela fase nas nossas vidas em que olhamos para a D-Mail e passamos a dizer: "Olha que isto até dá jeito..."

Em segundo lugar, fiquei a sentir-me um pouco velho, porque pensei isso mesmo acerca do "arrasta-móveis com elevador", da "lanterna perpétua de Faraday" (vejam como são cínicos a escolher os adjectivos...) e do "Soffietto, o recolhe-pó para berbequim".

Em terceiro lugar vejo-me obrigado a concordar com a utilidade desta Bengala Multiusos:

- Tem uma luz com 5 LED, o que dá sempre jeito para não pisar cagalhões quando se vai beber o café com cheirinho a seguir ao jantar;

- Tem alarme, para quando aparecerem os maganos a quererem ficar-lhes com o cheque da reforma (o chato é que os maganos são quase sempre os próprios filhos ou netos)

- Tem um intermitente vermelho. E qual a utilidade? Toda. Nunca foram atrás de um velhote num passeio estreito, de modo que quando tentam a ultrapassagem o sacana dá uma curva para o mesmo lado? E depois tentam contornar e é a mesma coisa, com uma guinada à esquerda? - Se o velhote for obrigado por lei a usar o intermitente de cada vez que lhe dá a ideia "olha, agora vou fazer uma curvinha aqui", evitavam-se longas filas de espera nos passeios dessas cidades.

E esta, hein? Ólarila!
.

3 comentários:

Mary Birth disse...

Nunca a D-Mail foi tão útil!
Tenho de confessar que também perdi alguns minutos a tecer elogios às coisas mais inúteis que se encontram naquela pequena revista infernal que aparece sem aviso na caixa de correio, até já cometi o crime de entrar na loja, mas juro que a encontrei por acidente.
Quanto à Bengala Multiusos, acho que devia ser incluída num kit reforma, como se faz para os sócios dos clubes, os idosos recebiam, como prémio por ter atingido a idade da reforma, um conjunto com esta bengala, fixador de placa, um bloco de notas, uma caneta e um apito. Brilhante!

tiagugrilu disse...

Pára tudo!!! - Existe uma loja da D-Mail? ONDE? Diz-me, rápido, que quero passar lá ainda hoje!

Essa ideia do Kit Novo Velho (chamemos-lhe assim) é excelente, mas falta a mítica algália... Que poderia vir autografada pelo Manoel de Oliveira, por exemplo.

Mary Birth disse...

LLLLOOOOLLLL
Como é que me fui esquecer de incluir a algália?!

A tal loja de Lisboa fica perto do Campo Pequeno, espero não ser vaga na explicação... mas fica algures numa das ruas que ficam por trás da Praça de Touros. É uma loja infernal... quase que bate os bazares chineses, na quantidade de (in)utilidades.