2009-05-27

Medicina no Trabalho


Medicina no Trabalho, o caraças. Foi Trabalho na Medicina, porque fui eu que tive que ir a Odivelas fazer as análises e o camandro. Obviamente perdi-me no meio de tantos prédios todos iguais, cada um mais arquitectonicamente avant-garde do que o outro e todos potenciais vencedores de prémios de arquitectura internacionais na classe de "Melhor Mamarracho do Subúrbio".

O meu sentido de orientação é masculamente eficiente. Posso estar no meio do Gerês e sei onde é o Norte, o Sul e a tasca mais próxima com mines a 50 cêntimos. Isso nunca me falha. Excepto na chamada "Zona 2" do Metro de Lisboa... O ordenamento do território nestes sítios parece ter sido feito por pedreiros com os copos a desenhar riscos em guardanapos de papel daqueles fininhos, no meio de um Benfica-Estrela da Amadora. Ou pelo Pollock. A ver o mesmo jogo no mesmo tasco e a empinar as mesmas mines.

E depois ainda encheram aquilo de pessoas suburbanas, que acham normal as ruas não terem placas a dizer os nomes.

Em resumo, andei a apanhar bonés (bonés suburbanos, com piercings na pala e tudo) durante uma meia hora, até dar com a clínica. Um enfermeiro suburbano deu-me um suburbano copo e disse suburbanamente "vá ali à casa de banho, este senhor está à sua frente". Deduzi que o senhor iria entrar primeiro do que eu, e que não ficaria suburbanamente à minha frente enquanto eu enchia o copo. Deduzi bem.

Foi com a precisão do Robin Hood e o estilo do Guilherme Tell que passei 2 minutos no WC. Meti o copo no bolso da mochila e fui para a sala de espera, onde me esperavam três singulares copinhos de tonalidades diferentes, bem-dispostos e bem-visíveis nas mesas das revistas, com mijo suburbano pertencente a três suburbanos senhores, dois dos quais à paisana. O outro foi de fato-macaco, que não há cá tempo para trocar de roupa. Nisto ele até tinha razão... Se é "Medicina no Trabalho" e nós é que vamos lá, porque havia ele de se disfarçar de outro gajo qualquer que não um mecânico?

Exames disto e daquilo, perguntas assim e assado, e dez minutos depois, o veredicto:

Senhor Tiago, o exame ao colesterol está óptimo, tem menos de 150 quando o nível de colesterol alto começa nos 190. A glicémia varia entre 70 a 100 e o senhor tem 70.

- Isso quer dizer que devo prosseguir com a minha dieta de amêijoas e caracóis?

Pelos vistos, sim... (risos). E com o respectivo acompanhamento também.

- Ah, bom.

No electrocardiograma, tudo em ordem. No exame à urina, detectámos que bebe pouca água. Tem que beber mais água, no mínimo um litro e meio por dia."

- Eu água, água, bebo aí meio litro, mas se considerar a quantidade de água presente na cerveja e no vinho, ultrapasso esse valor em larga escala, shô tôr...

.

10 comentários:

AD disse...

Eu tive de o fazer numa roulote. E nem sequer serviam bifanas, cachorros ou hamburgas.

tiagugrilu disse...

Numa roullote? Ao menos isso tem um nome francês... Eu nesse aspecto, o melhor que tive foi esperar numa espécie de marquise.

PWFH disse...

Hummmm, que me lembre, a única vez que mijei num copo, fui numa sala de cinema, quando não quis perder pitada do filme e a Coca-cola já estava no fim!

tiagugrilu disse...

Então eras tu o cabrão da fila 10 que estava a fazer barulho de mijo em copo de pepsi...

- Um amigo meu mijou num concerto para os calcanhares de uns motards. Sem copo.

Mariana disse...

lololololololol! Mas que raio de empresa é a tua que tem a medicina no trabalho em odivelas?! Eu também ando sempre às aranhas quando sou obrigada a ir para essas bandas.

Mas folgo em saber que és um rapaz saudável. E que sabes mijar para um copo:)

tiagugrilu disse...

Notei hoje que provavelmente sou imbatível nisso de encher copos à mamgueirada.

tiagugrilu disse...

...já à mangueirada, nem tanto.

A disse...

eu tenho sempre de pedir ajuda para encher o copinho. por nenhuma razão especial, apenas gosto da companhia.

Cris... disse...

Eu já fui uma vez a uma cena dessas, bem realmente vou muito...ok, trabalho nisso, ´vá...mas a vez que me calhou a mim, a dôtora me disse que tenho já idade pa me prenhar, que se estou a ver navios, o material estraga.
Estive para lhe dizer que se também estragava os miolos, ao ponto de ficar tola como ela, saltava pa cueca do primeiro que me dissesse olá ao sair da consulta.
Depois achei atrevido.
Até porque como eu trabalhava lá...enfim...coisas...

tiagugrilu disse...

...E se o primeiro a entrar fosse um gajo que além de não passar nos exames, não tivesse também passado na 4.ª classe, estavas bem tramada.