2009-07-08

P.E.P.S.I. - Passaporte Electrónico Português Sem Irreal-social


Cada vez acredito mais no que João Loureiro dizia quando cantava/berrava nos B.A.N. Eu não fazia ideia do que é que eles queriam dizer com "dá-me um ideal, um ideal, um irreal social, um idea-ál, surrealizar por aí-í", mas hoje fiquei mais perto de perceber o conceito.

Acabo de chegar da Loja do Cidadão, onde passei duas horas absolutamente surreais e irreais sociais. Assim que lá cheguei, fiz questão de estacionar a mota à bêbado: deixei-a estatelar-se no passeio mesmo em frente à Loja do Cidadão. Uma espécie de "TA-BUM!" que anunciou a minha chegada e que amolgou uma caixa daquelas da EDP. Lá levantámos a mota e os estragos não foram muitos: um risco por cima de outro risco que ela já tinha do antigo dono, o sr. João, um amante do vinho carrascudo ali da zona de Abrantes. Percebi então que aquele tipo de estacionamento alternativo era uma coisa a que a minha mota já estava habituada. Notei até uma certa nostalgia da parte dela, quando a vi deitada no chão, como quem diz "aaaah... velhos tempos, caraças...!".

Depois de esperar uns minutinhos (só uns 120), lá chegou a minha vez de entrar num cubículo e ficar em pé a cantar a minha morada. Senti-me uma espécie de Camané, mas em mais alto. Tudo à primeira: a foto, as impressões digitais e a assinatura. E a senhora mostrou-me no écran como o passaporte iria ficar, e eu soltei um "isso é espectacular" ao ver a minha letra de puto da primária mais mal escrita do que o normal (foi com uma geringonça digital) ali junto à minha nova foto de presidiário.

"Espere lá, você tem sexo feminino!"
"Ãn...? Como assim?"
"Então não vê? Olhe ali..."

Olhei e escarrapachado no passaporte estava Sexo: FEMININO

"Então, mas, mas... Como é que isso aconteceu?"
"Esta informação vem do BI, você para efeitos estatísticos é uma mulher!"
"Epá, não acredito...! Então e agora?!"
"Eu posso alterar, e no passaporte fica tudo ok, mas no BI continua a ser uma mulher."
"Olha tá boa..."
"Mas você tem que ver se altera isso, que assim há um homem a menos em Portugal"
"Pois... Tenho que ir lá alterar isso, tenho... [risos]"
"É que não estou a ver como é que se enganaram... Deixa cá ver... Pois, você é Tiago, não é Tiaga..."
"Só se me enganei na cruzinha... Mas aquilo não é M e F...?"
"Olhe, não se preocupe, que isso não aparece no BI."

E eu não me preocupei. Desde que não aparecesse escarrapachado no passaporte "Atenção: este gajo é uma gaja", por mim tudo bem.

"Pronto, já está alterado, vou dar Ok, e... Espere lá... Diz aqui que o seu BI está sob medidas cautelares."
"E isso quer dizer que...?"
"Já alguma vez lhe roubaram o BI?"
"Sim, fui assaltado. Até fui a tribunal e tudo."
"Ah, pois... É que de certeza que alguém usurpou a sua identidade, daí estar sob medidas cautelares..."

Houve algum gajo do Congo ou assim que foi ao Martim Moniz e pediu um BI (é bem mais rápido do que na Loja do Cidadão) e de entre todos os disponíveis, terá dito "Sim, eu quero ser aquele gajo, pois fora a cor da pele, o nariz, os olhos, o cabelo e as orelhas, ele até é parecido comigo!". Sinto-me orgulhoso.

Fui pagar, onde encontrei a minha namorada e me ri de ela ser normal. Disse alto "olha pá, descobri que afinal sou uma gaja e que alguém usurpou a minha identidade". O senhor da caixa levanta a cabeça, olha para mim e pergunta "o que é que você disse? É uma gaja? Ahahahahah! Ai, pá, você é engraçado..." ao que eu respondo "Sim, descobri agora. Disse-me ali a sua colega."

E é assim. Sou uma gaja, e tenho medidas cautelares sobre o BI que vão fazer com que o meu passaporte demore mais uns dias.

O que me deixa feliz é que algures por esse Portugal, há um gajo com o meu BI que não sabe que afinal é uma gaja. O panisgas...

.

19 comentários:

AD disse...

E és boa ao menos?

tiagugrilu disse...

Eu, ou o gajo do Congo?

A disse...

ahahahahaha, a tua vida dava uma raça de motas, seguida e outras cenas dignas de um filme indiano, entre elas jogar a flauta.

incrível!! :D

tiagugrilu disse...

Podes crer... E nem sequer disse aqui como consegui ainda no meio disto tudo ter tempo para deixar a minha namorada com uma nódoa negra gigante na perna.

E o benfica nem jogou.

isa disse...

As coisas que tu arranjas Tiagugrilo!
Então agora és gaja???

tiagugrilu disse...

Epá, sim... Já te disse que a Zara está com uns saldos espectaculares?

isa disse...

já sabia Grilu. A Mango, a Lanidor,a ...

Pá! tu és gaja????

tiagugrilu disse...

É o que diz no meu BI. Embora os BI's não tenham nada lá escrito. Mas estatisticamente, sou portuguesa, amiga.

Bem, vi ontem uns sapatos na Prof... De tacão alto, sabes? Um must.

isa disse...

LOL Grilu!!!
muito bem!

calaste-me.

( mas vai lá tratar disso da papelada, que ainda te pode trazer problemas no futuro)

Borboleta disse...

Minha loira! Gostosa! Tu sabes que eu sempre senti uma afinidade especial contigo: agora já sei porquê: não era contigo, era com a gaja que ti és estatisticamente :)

isa disse...

... mas espera!

como é que te vestiste hoje para vires trabalhar Grilu?
(agora preocupaste-me!)

tiagugrilu disse...

Borboleta,
E tu não me conheceste quando eu era grunge e tinha o cabelo comprido à Kurt Cobain, miga. Era só meter uma saia e uns saltos altos, ias ver o sucesso que era.

Isa,
Vesti-me como a Dina. Pelo sim pelo não.

isa disse...

Mas vê lá se és capaz de fazer uma foto-coiso contigo vestido à Dina, agora que sabes que alguém descobriu a mulher em ti!

miga ... vê lá se és capaz!
s.f.f.?

tiagugrilu disse...

A seguir ao almoço, miga. Tá bem?

- É que agora tenho que passar na itimississimissimi, que está lá um conjunto de morrer.

Miga.

isa disse...

fico à espera! tou em pulgas miga!

olha, a intimissimissimissi, não tem nada de geito! vai antes ao corte inglês e procura por La Perla!
Conselho de amiga, miga!

Tiagugrilu, tu hoje excedes-te pá!

CBlues disse...

Tiago, quando tinhas cabelo comprido nunca foste interpelado por nenhum jovem desejoso de afecto? É que tinha um colega no secundário que era constantemente interpelado por tipos que achavam que ele de costas era uma tipa.

tiagugrilu disse...

Isso não, mas por várias vezes passaram gajos das obras em Fords transit de caixa aberta, que gritavam "ó boa! ó boa! ó... iiih, foda-se, era um gajo, ó Tó Zé..."

Silvia disse...

Olha melhére, vais ver q ser gaija tem as suas vantagens, por exemplo, podes começar a ir a Lady's night's, entrares sem pagar e apanhares grandes bubadeiras!

tiagugrilu disse...

...Mas eu já faço isso...

E depois vou à casa de banho e mijo em pé.