2009-09-21

Happiness is...


Ontem, depois de um pic-nic ali para os lados de Sintra, veio à conversa o facto de uma amiga nossa estar sempre a dar de mamar ao bébé. Opiniões para aqui, opiniões para ali, e há alguém que diz:

"A Felicidade não se mede em mamadas."

.

124 comentários:

Nawita disse...

A língua portuguesa é muito traiçoeira!
Olha que quando se é bebé a felicidade mede-se em mamadas e rabinho limpo!

bock disse...

Ah, ah, ah!!!!!!!


Estou-me a rir do post, que teve muita graça.


... mas também da Nawita, por achar que a felicidade dos adultos não se mede em mamadas... :D

AD disse...

Tinha um amigo que dizia que se fosse filho da Pamela Anderson mamava até aos 35, por isso...

tiagugrilu disse...

Pá, eu tenho um amigo cujo pai mamou até aos 4 e mamava em pé!

(ainda não lhe perguntei foi se a avó dele era parecida com a Pamela)

tiagugrilu disse...

E sim, a ingenuidade das gaijas ás vezes é comovente.

tiagugrilu disse...

às* (sim, que aqui escreve-se em purtuguêz)

Bock disse...

Comovente?
Não iria tão longe, pá.

Mas enfim, prontos, sensibiliza um gajo.

Sobretudo sensibiliza um gajo para a ideia de o convívio prolongado com uma mulher ter de ser uma coisa muito bem pensada e reflectida.

Sem ofensas, e tal, não resisti à graçola, oh Nawita. Não te ofendas comigo, hã? :D

Nawita disse...

Bock,

ah ah ah ah ah!

eu sei que para vocês isso é importante, mas há mais coisas pá!



o leite materno é bom, mas até aos 4 anos acho isso um exagero seja ela a Pamela ou não!

Bock disse...

...ai há?









:)

Quanto ao leite materno, porque não até aos 4 anos? Desde que a mãe não se importe de levar umas dentads valentes nos mamilos e assuma as consequências inexoráveis do aceleramento gravitacional que 4 anos de várias mamadas diárias lhe podem inflingir... a criatura só fica a ganhar em saúde e capacidade imunitária...

tiagugrilu disse...

Ufa... Pensei que ias fazer o trocadilho do leite paterno.

Bock disse...

Qual trocadilho?

Nawita disse...

O filho duma amiga minha tem 3 anos e ainda mama! Estávamos na esplanada e chega o puto despe a mãe e começa a mamar!! A coitada a fazer caretas e de vez em quando mandava um berro de dor! Isso não vale a pena. Carne, peixe e legumes, também um osso ou outro para os dentinhos! Mais tarde quando o puto crescer para além do habitual “carreguei-te 9 meses e é assim que tu me tratas?” vai levar com a cena das mamas estragadas!

Epá ó Grilu…

Bock disse...

Pois.
Ele há sacrifícios que acho que valem a pena fazer-se. Agora, 3 anos de peito, enfim... para as crianças é bom, mas para as mães é mau.

Mas mau, mau, mesmo, mesmo mau, é para os maridos das mães, esses é que as vão penar que nem gente grande!!!!!!

Nawita disse...

claros, sem falar que elas vão trabalhar e os putos no infantário não podem vir com esse tipo de pedido!

Os pais é que vão penar?

tiagugrilu disse...

Get a room, you sicco's...

Bock disse...

Claro que vão. Os putos continuam a mamar sem sem ser em regime de exclusividade, que é como quem diz, dão uma no cravo e outra na ferradura.

Os pais é que vão ser os principais afectados pelos efeitos nefastos do aceleramento gravitacional das mais-que-tudo, pá!

Não te parece esta uma verdade óbvia e insofismável???


A menos que optem por cessar a exclusividade do seu regime alimentar, mas essa é outra conversa que agora não vem ao caso.

Bock disse...

Olha, olha... tu falas em trocadilhos com leite paterno e os outros é que são sickos??? :)

tiagugrilu disse...

Claro. Onde é que já se viu usar-se este espaço apra conversas sérias e construtivas?

- Freaks!

tiagugrilu disse...

E não volstas a escrever insofismável no meu blog, ouvistes?

tiagugrilu disse...

Caneco, que alguém me deve ter mudado as teclas do lugar, ou o caralho..

Nawita disse...

A ver se percebi.
A mulher para além de parir um filho pode partir o peito, ou não, durante o período em que dá de mamar ao puto, e o pai é que sofre? É isso?
O que são umas mamas descaídas em troca de um filho saudável?
Estou um pouco enervada…
É mandar a criança trabalhar assim que tiver idade, para pagar umas mamas novas à mamã para ela arranjar um amante novo e fogoso!!

seja como fôr não sou a favor de dar de mamar para lá dos 2 anos no máximo, e isto se a mãe poder ficar em casa com o filho até essa idade, claro.

Bock disse...

Epá...
Vamos lá a esclarecer aqui uma coisa, e já.


Eu sei que este espaço é teu.
e sei que quem manda aqui és tu.

E também sei que se podem discutir aqui muitas coisas.

E podem-se chamar muitas coisas às pessoas.

E que essa cena é recíproca e tal.

E que se tu não gostas de conversas sérias no teu blogue, acho muito bem que te pronuncies sobre isso da maneiras que entenderes mais adequada, mesmo que essa maneira implique mandar os comentadores para aqui e para ali ou dirigires-lhes os alvitres que entenderes.

Agora, se me voltas a chamar... FREAK, pá, eu nem sei o que faço!!!!

Voltas a fazer isso e quando deres conta só tens ar em duas das rodas da tua Vespa.

Chamem-me o que quiseres, mesmo. Menos isso. :S

ainda no Sábado passei em Sta Catarina, pelas 21horas e o espectáculo é desolador. fiquei sem palavras. Vomitivo.

tiagugrilu disse...

LOL

É o que eu digo... Vocês estão sérios comó catano.

(claro que podem falar sobre o que quisere, estava só a aparvalhar um bocado)

- Mas nunca mais ponho bébés em posts.

Bock disse...

Nawita, pá, trabalho infantil, não. Saca antes isso da pensão de alimentos do pai das crianças.

E depois sim, arranja um amante jovem e fogoso. Ou não.

Mas enfim, para abreviar que o dono da tasca está incomodado conosco, eu também acho que os 2 anos são um limite mais que bom, e que suplanta em muito a méia de amamenta~ção das crianças portuguesas, que a maior parte das vezes mal passa do limite da licença de parto...

Nawita disse...

Bock,
Não respondeste à minha pergunta.
Então ainda agora tiveram um filho e já estão a divorciar?

Pois, o Grilu gosta mais de Pandas!

bock disse...

Foda-se, pá, estava a brincar, Tiagu.


(excepto quanto à cena de me chamares Freak... só de pensar até se me eriça o couro cabeludo, descendo daí para o espesso tapete de pelos que tenho nas costas seguindo daí num espantoso e terrífico calafrio até à barriga das pernas...)

Bock disse...

Nawita, não percebi qual era a tua pergunta, desculpa.

Podes reformular?

E os divórcios é como o resto: há de tudo para todos os gosto. Pela parte que me toca, sei que a maior fonte de divórcios em Portugal é o casamento, maneiras que evitando o dito cujo, eliminam-se desde logo as probabilidades de ocorrência de um divórcio...

Mars disse...

grilus falantis - o novo blog de pediatria do momento!

A disse...

CONA DA MÃE!

Alexandra disse...

Eu cá, se tiver filhos, ponho-os todos na arca congeladora.

Alexandra disse...

Vão andar frescos e airosos que é uma beleza.

Nawita disse...

Bock,
Era ainda sobre o sofrimento dos pais. Mas deixa lá.
Com ou sem papel passado quando um casal com filhos se separa há sempre a pensão de alimentos e nalguns casos aquelas guerras todas, o que é triste.

A,
Finalmente um post onde esse comentário faz todo o sentido!

Alexandra disse...

Na verdade, pretendia dizer que os embalaria em plástico mas não quis ferir susceptibilidades.

A disse...

estava só a tentar ajudar o grilu, que estava visivelmente incomodado com a seriedade dos comentários, mais nada.

grassa disse...

Eu vinha aqui dizer que não há assim tanto para dizer sobre leite, mas vejo que estava errado.

Alexandra disse...

Grassa,

Eu tenho um BLOGUE sobre o assunto.

A disse...

alexandra... magoas-me quando nos dizes essas coisas. já devias saber que nós não nos preocupamos com a tua esquizofrenia e sociopatia, gostamos de ti como és. :)

grassa disse...

Tens um blog?

Deixa ver...

...

...

...

Olha, afinal não tens.

Alexandra disse...

A,

Na verdade, gostas é do lexandra.

Grassa,

A minha mãe também não acreditava no meu amigo invisível até eu ter aparecido com uma barriga de cinco meses.

Nunca lhe perdoei.

Alexandra disse...

Ok, eram gazes.

Bock disse...

Pois parece que tens, mas aquilo tá trancado a 7 chaves.
Alexandra, pá!

Quanto aos filhos, desde que respirem e a SPA* não saiba de nada disso de os embulhares em plástico e tal, estás na boa. faz uns furinhos para o nariz e para a boca, não vá dar-se o caso de ficarem cheios de macacos e ranho e sufocarem.

E se não estás particularmente virada para a maternidade, coisa que compreendo perfeitamente, cuida-te e protege-te, para não correres o risco de chorar sobre o leite derramado...






*Sociedade Protectora dos Animais.



Nawita, moça, a qual parte do sofrimento dos pais te referes tu? :) E falas de pais, tipo, pai e mãe, ou de pai no plural?

Definitivamente a língua é traiçoeira.

Bock disse...

Alexandra, não me digas que foste tu aquela moça desvairada que jura a pés juntos que engravidou a nadar (de bruços) numa piscina!!!????

A disse...

sim, eu sonho com letras, enquanto o resto do mundo sonha a preto e branco, alexandra.

Alexandra disse...

Mais um pouco e estás a distribuir preservativos.

E a enviar emails com imagens explicitas de DST's.

Alexandra disse...

O Michael Jackson nunca sonhou assim.

Nawita disse...

Bock,
Estava a falar do sofrimento dos homens em relação ao peito descaído.
Enervou-me uma beca.
Mas já passou! O que me ri com a Alexandra!!

Bock disse...

Alexandra,
Nunca tal coisa me passou pela cabeça.





...refiro-me à ideia de enviar mails, e tal.

A disse...

bock, quer dizer que a primeira já a fizeste?

Alexandra disse...

Não sei porque me distribuis preservativos se apenas tenho amigos invisiveis.

grassa disse...

Para quê?

Para dar alguma transparência à coisa.

bock disse...

Nawita, estava a brincar, caramba.

...além disso, a verdade é que haja ou não haja amamentação, a idade não perdoa, pelo menos nesse aspecto, portanto não vale a pena estar com muitos rodriguinhos com essas merdas.

A, a primeira quê? Hoje estou (ainda) mais curto do que de costume.

Ah, distribuir preservativos?
Não, pá, por acaso não, mas seria uma nobre tarefa. Porquê, precisas?

a esse respeito lembro-me de ter 16 anos e ir a um centro de saúdo, ao planeamento familiar pedir preservativos. A puta da enfermeira - aquela vaca! - fez-me passar a maior vergonha da minha vida.
no meio da consulta de plneamento familiar, cheio de jovens mães solteiras, gajas 40tonas com 5 e 6 filhos e o caralho a sete a enfermeira começa a berrar 'PSERVATIVOS? PSERVATIVOS, O SENHOR QUÉ PSERVATIVOS??? MAS PA QUÊÊÊ?'.
Puta que a pariu.
Merecia ter levado um pontapé nos colhões.

isa disse...

Já me perdi, mas estou habituada.

Só para dizer que gostei da teoria da Nawita. Quem estraga as mamas da mãe, tem por obrigação oferecer-lhe umas novas!!!

Nawita disse...

Bock,
Não és Super à toa!

Algumas enfermeiras gostam de nos fazer passar vergonha! Mas olhem que isso de distribuir preservativos é uma óptima ideia, os putos querem iniciar a sua vida sexual e não têm dinheiro para os comprar, então fazem como o Grilu nos sinais laranja “fecham os olhos e acreditam”!!

Bock disse...

AH, AH, AH, AH!!!!!!!!!!!!!!

Nawita disse...

Isa,

que presente tão lindo! sempre é melhor que as águas de colónia, as molduras com a tromba do miudo, ou os napperons!

Bock disse...

Pois é, Nawita, foi o que me aconteceu, e aquela cabra mostrou uma sensibilidade estonteante para os problemas do planeamento familiar e transmissão de DST's. A.liás, notava-se pela frequência da sala o resultado positivo do planeamento familiar nesta terra...

Alexandra disse...

(Grilu, eu tentei. Ainda vão transformar esta caixa de comentários num palestra.)

Bock disse...

... ou as panelas de pressão.

Nawita disse...

O filho do meu patrão está no 2ª ano da faculdade e diz que tem sorte porque os pais não o vigiam tanto como a irmã. Isto porque ele não corre o risco de chegar a casa grávido! Quando lhe falámos das DST, que isso sim é grave, ficou com aquela cara de parvo que herdou dos pais!
Tem 3 namoradas e não sabe que tem que ter cuidado com as doenças!

os pais também deviam ensinar qualquer coisa aos filhos!

AD disse...

DST é aquele agrupamento musical com o Zé Milho, o Angelino e o outro com pinta de drógádo, não é?

AD disse...

Nawita,
As namoradas imaginárias raramente apanham bicho.

Nawita disse...

Bock,

Quando fui pedir a pílula ao meu médico de família ele ficou muito espantado e com um sorriso perguntou-me para que é que queria a pílula. Na altura estava na moda as miúdas dizerem que era para a acne e sei lá mais o quê. quando lhe disse que estava a pensar ter relações sexuais o homem ia caindo da cadeira! Mas lá me enviou a um ginecologista e depois deram-me a pílula.

AD,
Namoradas imaginárias? Bicho?

Bock disse...

Alexandra, o que é que é preciso fazer (e já agora, a quem) para ler o(s) teu(s) blogue(s)?

Nawita, pois é, pá! :D

AD, mas DST não está a significar Dominadoras Sado Transgenders???

Alexandra disse...

O pino.

Bock disse...

Nawita, mas esse foi o procedimento correcto.

Cáspite, se calhar em vez de ter ido pedir preservativos devia ter optado pela pílula...

Bock disse...

...


Já...


anhhhhhhhhhhh...


ahhhhhh!!!!




!!!!es-adof, átse áJ

Alexandra disse...

Isto é, para não engravidar.

Nawita disse...

Ah ah ah ah ah! Mas a pílula não te protege de outras coisas.
A minha irmã mais velha, que é uma gozona, ao explicar-me tudo sobre os métodos contraceptivos disse que o método infalível era a moeda de 5 escudos. A menina põe a meda entre os joelhos e aperta com força e nunca a deixa cair até voltar para casa!!

Bock disse...

Ah, ah, ah!
Por acaso, acho que fazer o pino para não engravidar é capaz de ser contraproducente... muito, mesmo.

Bock disse...

Ai não???

Alexandra disse...

Experimenta lá fazer o pino e o amor ao mesmo tempo.

AD disse...

Ok, já está. E agora?

Bock disse...

Bom, isso é outra conversa.

Pensava que te estavas a referir ao afterwards.

Alexandra disse...

Sei lá!

Bock disse...

Olha, a Alexandra a armar-e em Margarida Rebelo Pinto...

:D


Hoje costuma haver por aí muito sítios com Bacalhau à Brás.

Vou comaçar a andar e para no primeiro sítio que vender Bacalhau à Brás.

Um gajo porreiro, o Brás.

tiagugrilu disse...

AD,

Não era contigo próprio...

Nawita disse...

ah ah ah ah!
Eu também estava a ver isto como o Bock, fazer o pino depois de.
É possível fazer o pino se fores um yogi (ou yoplait) daqueles que comem 1 bago de arroz por dia e passam o dia a contorcerem-se vestidos apenas de um tapa cus no topo das montanhas do Tibete!

Deixem lá o pino e façam antes o pino-ponte, é mais fácil e diz que sim que é bom! Não dispensa é o preservativo!

tiagugrilu disse...

Como é que é isso do pino-ponte?

É para pinar?

Nawita disse...

É para fazer bebés!! E dependendo de como correr a coisa arriscar partir alguma coisa!

Alexandra disse...

Ela a dar nos bébés.

Tens que casar para procriar, como diz a outra senhora.

A disse...

assim não chega! queremos diagramas à escala, nawita.

tiagugrilu disse...

Ou vídeos de má qualidade.

AD disse...

Ou noitegramas, se tiveres vergonha de o fazer com luz natural.

tiagugrilu disse...

Yá. Ou então podes por uma daquelas faixas de censura. Mas censura só ojólhos.

Nawita disse...

Alexandra,

LOL

A, Grilu, AD,

até parece que não sabem como se faz!!

Alexandra disse...

Eles não sabem que o sonho...

tiagugrilu disse...

Pá, não sei mesmo. Juro.

Bock disse...

Happiness is a warm gun.

Já diziam os Beatles, e se eles o diziam, eles lá sabiam o que diziam.

Acabei por não encontrar Bacalhau à Brás...

Nawita: mostra! mostra! mostra!

A disse...

os beatles também diziam que "everybody's got something to hide except me and my monkey".

Alexandra disse...

O monkey era a Ioko Ono.

tiagugrilu disse...

muita droga...

Alexandra disse...

Yoko...

A disse...

alexandra, ahahahahahahahah

AD disse...

Eu só sei o que vi no Era Uma Vez A Vida. E a Psi nunca se despia, por isso, não sei muito.

Bock disse...

Ah, ah, ah!

tiagugrilu disse...

Yoko Yoko!

eles comiam era muito iogurte

Bock disse...

Estás a sugerir que os Beatles gramavam de cenas leitosas e coalhadas?

Alexandra disse...

Olhando bem, prefiro o pudim danone.

Bock disse...

Olhando bem, para onde?

Alexandra disse...

Para a Yoko, evidentemente.

Bockl disse...

Ah.
é como digo, eu hoje estou assim a modos que a dar para o curto.

(sacana do neurónio não pega... será que é desta que gripa de vez?)

Bock disse...

Bockl?
Credo.
Quem ler aquilo ainda pensa que sou próximo do Markl...

Bock disse...

... mas voltando à vaca fria...

Alguma vez alguém duvidou que um pudim danone é 'himalaias de melhor' que a Yoko Ono?

Nawita disse...

Nunca tinha pensado nisso, mas agora que penso, pudim danone é bom! Mas prefiro o Mandarim, com caramelo, já pudim de ovos não gosto!

Bock disse...

Há poucas coisas de que eu não goste, mas farófias, iscas, pudim flan, dióspiros maduros, requeijão, almece, e cenas com sangue (sarrabulhos, tripas, cabidelas e tal), e tentativas bem intencionadas de amigos de fazerem sushi em casa com peixe vindo sabe-se lá de onde e facas que não cortam, são apenas uma delas.

Alexandra disse...

Eu gosto deste.

http://skdeal.com/images/FRENCH%20RUGBY.jpg

Nawita disse...

Bock,

Almece? O que é isso? Também não gosto de coisas que levem sangue!

Alexandra,

E que bom gosto tens!

tiagugrilu disse...

Nunca ouviste falar da Almece dos Oficiais?

- Almece é o resto do leite coalhado que não foi para o queijo fresco. É uma merda, realmente.

Alexandra disse...

lol

Nawita disse...

Ui, só a palavra coalhado tira a vontade de provar!

Bock disse...

Ui.
Credo.
Davam-me aquilo quando era puto, às colheres, cheio de açúcar e canela (mais uma beca e ainda lá espetavam com umas sopas de vinho tinto a martelo...).
Ainda para vinha mesmo de vacas à séria, de leite sem pasteurizar.

Até os pelos do cu batiam palmas.

Foi à conta dessas bricnadeiras e outroas que nunca suportei leite sozinho.

Leite, só acompanhado.

(Olha aí as interpretações badalhocas, hã!)

Bock disse...

Ah, e é por isso que nutro pelo requeijão um ódio absolutamente figadal.
Deve ser a única cena láctea que não suporto, logo a seguir ao leite sozinho.

Alexandra disse...

Requeijão com açúcar e canela é bom!

bock disse...

Diz que sim, Alexandra.

Eu nem lhe toco.

Tivesses levado com as carradas de almece com que eu levei 'quando era menino', que logo vias se voltavas a olhar para o requeijão com os mesmos olhos de gula que agora adivinho.

e se gostas com canela 'hádes' experimentar com mel. Também diz que é muito saboroso.

Eu, pela parte que me toca, só de pensar, tremo.



Alguém sabe o que é feito do Badly Drawn Boy?

E - isso sim é que interessa! - do Matt Johnson?

grassa disse...

Quando crescer, quero ter uma pila tão grande como os comentários do bock.

grassa disse...

E olha que isto é um elogio.
Embora não pareça.

Da mesma forma que eu sou um homem.
Embora não pareça.

Bock disse...

Não te metas nisso, grassa, depois é uma maçada, vás onde fores, ao mínimo sinal de erecção ficas logo com um inchaço até à rótula.
É capaz de ser uma cena incapacitante...
...e não sei se a queres ter assim tão glande. Perdão, grande.
Além disso, um dia acordas e estão a chamar-te Reinaldo.
Eu cá não gostaria que me confundissem com um jogador de futebol, pá.
Pior só com um... blergh... freak.

AD disse...

Reinaldo não era o gajo do Paradise Café? Aquele que aparecia quando não tínhamos dinheiro para pagar?

Bock disse...

EIIIISHHHH!
...não me digas que tu eras aquele gajo que lá estava batido todas as 5ªas feiras e se esquecia sempre da carteira em casa????

tiagugrilu disse...

Agora sim, já encaminhámos a conversa para a denominada parvoíce em condições. Ou em termos.

Se bem que em termos, é mais no Inverno, para nao arrefecer.

Bock disse...

Estás com frio?
Podes sempre ir fazer uma visitinha ao Reinaldo lá no tal sítio apodado de Paraíso.
Paraíso da viadagem, claro.

Vai lá, vai que ele aquece-te até ao osso e até cheirar a borracha queimada...



...está bem assim?

tiagugrilu disse...

O Cristiano Reinaldo é rabidoche?

Bock disse...

Acho que se diz é 'Crestiano Renaldo'.

bock disse...

E não sei o que ele é.

É esquisito.
É um pro da bola.
É metrossexualão.


Isso faz dele um cona de sabão, sem dúvida.

Agora rabi-não-sei-quê é que já não sei.