2010-01-12

Rabo de Peixe

18 comentários:

AD disse...

Curiosamente são as palavras que se percebem melhor.

Sílvia Maria disse...

AH AH AH AH!!! Que máximo!!

tiagugrilu disse...

- Não percebes "desfender"?

AD disse...

Pauletês não é o meu forte.

tiagugrilu disse...

Isto é mesmo "rabedepexês". Já lá fui - à terra do Sandro G - e posso comprovar que não percebi nada do que me foi dito.

Pelo sim pelo não, fugi para o carro.

Bock disse...

Rabo de Peixe é gajo para ser para aí o sítio mais miserável que eu já visitei na vida.

É verdade que nunca fui à Índia, nem ao Burundi. Mas calculo que Rabo de Peixe não deve andar muito longe.

tiagugrilu disse...

Miserável ao mesmo tempo que situado num local incrível. Que o pessoal fez questão de decorar com colchões velhos, entulho, e milhares de garrafas de plástico e de vidro.

Bock disse...

Sim, a paisagem é lindíssima.
A natural.
A humana é do mais confrangedor que me lembro de ver... mas enfim, isto foi lá para os idos de 1994 ou 1995... :S

tiagugrilu disse...

Estava igual em 2005. Fiz uma série de fotos no cemitério de que gosto especialmente.

Jordão disse...

Vamos lá ver uma coisa a única coisa de miserável que Rabo de Peixe tem é a pobreza de espírito de muitos dos seus 8000 habitantes. Porque não há falta de dinheiro ou muito menos fome.

Aquilo é uma cultura especial, enraizada há muito.

Está a melhorar mas vai demorar muito. Há que ter esperanças no futuro.

O problema é que certos “jornalistas”, que possivelmente a responsabilidade, pelos menos moral, de tentar melhorar a sua terra, não, fazem exactamente ao contrário.

Já agora aqui vai mais uma bosta de uma peça do tonto do Mota:

http://www.youtube.com/watch?v=4nDVHdoDXLc

Mas há mais, ligado ao futebol:

http://www.youtube.com/watch?v=HNnChb8P76I

Pronto chega de cromos. Agora vou vos mostrar o que a imaginação e a pronúncia micaelense são capazes de fazer, quando juntas:

http://www.youtube.com/watch?v=t7p-iZSW048&feature=related

Cumprimentos daqui do meio do Atlântico.

Bock disse...

AH, AH, AH, AH, AH!!!!!!!!!
A cena da Guerra das Estrelas estás demais!!!!!

tiagugrilu disse...

Alô Jordão,

Gosto especialmente do senhor de t-shirt azul e de boné (do 1.º link) que grita "óshôpregidente!" para dentro do campo. Quando bebo uns canecos fico com uma dicção igualzinha.

É verdade o que dizes. E o pessoal mais velho pareceu-me boa gente, no entanto alguns miúdos têm ar de quem te pode roubar os ténis.

O último link, já conhecia. Muito fixe.

tiagugrilu disse...

Epá, ó Jordão, diz-me que tb não percebes metade do que diz o gajo do 2.º link...

Opá, o que eu curto da imitação do público : wwwwwuáaááá!!!

Nawita disse...

hã?


gostei muito dos vossos comentários, ajudou aperceber o video.

Jordão disse...

Percebo porque nasci, cresci e vivo cá. Mas mesmo assim quando vou na ambulância (sou bombeiro) mas ainda tenho algumas dificuldades em preencher o relatório para depois entregar no Centro de Saúde ou Hospital.

Gata das Botas disse...

O Jordão e os rabo-peixenses que me desculpem, mas eu também já lá fui e... não foi bonito. Guardo na memória uma espécie de sopa de gente, banheiras, cadeiras e outros objectos não identificados boiando junto aos barcos... Entre outras coisas.

(mas em minha defesa digo que os Açores - e não faço distinção entre ilhas porque visitei quase todas - são dos sítios mais bonitos do mundo)

tiagugrilu disse...

Sem dúvida. Tenho uma paixão pelos Açores (não tivesse a minha namorada nascido em Angra) e volto lá sempre que posso.

Só ainda não conheço o Corvo, Flores e St.ª Maria. A julgar pelas outras, vai continuar a ser difícil eleger a mais bonita.

Vani disse...

AAAAAh, se não fosse o j~Jordão, ficava sem perceber que lingua é a do puto...quer dizer, se não fossem as legendas e o Jordão. Quer dizer, eu li as legendas, mas o movimento labial não estava a corresponder ao que eu lia...só se percebeu bola. Mio Dios. Comé possible que eu perceba melhor o espanhol que o rabo de peixês?