2010-02-22

Let's look at a treila

Estar em casa 3 semanas com um pé partido tem a sua parte positiva: não fazer nenhum e ver filmes. Muitos.


Taking Woodstock: Uma abordagem inteligente, histórica e muitíssimo bem humorada ao festival que marcou a geração hippie.
Apreciação: **** Para ver em qualquer ocasião, com pipocas.



O homem que matava cabras com o olhar: Um filme absolutamente alucinado, onde a comédia alterna com a estupidez pura.
Apreciação: ** Para ver enquanto se está alcoolizado ou sob o efeito de estupefacientes.



Sherlock Holmes: Quando os "amaricanos" pegam num clássico britânico dá sempre em explosões e truques de karaté. Atinge o objectivo de filme lúdico.
Apreciação: *** Para ver no quentinho do lar enquanto chove lá fora.



Nas Nuvens: Não passa de um fraco candidato aos óscares, feito para isso mesmo. Uma espécie de comédia romântica actual e divertida, mas com um enredo algo banal.
Apreciação: *** Para ver numa noite de domingo se não estiver a dar nada de jeito na televisão.



O imaginário do Doutor Parnassus: Promete muito, já que é realizado por Terry Gilliam (ex-Monty Phyton) e conta com um elenco de luxo, mas cumpre pouco. O mundo phytoniano está lá, mas a substância não.
Apreciação: * Para ver se estiverem na prisão e não vos derem alternativa. Ainda assim, tentem espancar um guarda para irem para a solitária.



Rota Comando: Ao estilo de Cidade de Deus e Última Parada, mas em mau e com pessoas que não sabem representar. Filme quase amador, mas bem montado.
Apreciação: * Para ver se a outra opção lá na prisão for "O imaginário do doutor Parnassus".



Zombieland: Uma aproximação diferente e bem humorada ao mundo dos zombies, com romance à mistura.
Apreciação: **** Para ver naqueles dias em que apetece bater em alguém só porque sim.



Força G: Filme para a criançada, com ratos e ratas felpudinhas. A chatice é que são mesmo só animais que interagem com pessoas e são agentes do FBI.
Apreciação: * Para ver quando se tem insónias. Adormeci aos 30 minutos, depois de ter bebido café. E eram 17h.



Family Guy - o filme: A possível história de Stewie enquanto adulto, mas com orientação dele próprio enquanto bébé, depois de ter viajado no tempo. Não é mais do que um episódio de hora e meia.
Apreciação: ** Para ver se quiserem mesmo ver o Family Guy e não estiver a dar na Fox.



Divã: Uma visita aos problemas relacionais e aos lugares comuns da classe alta do Rio, com um bom enredo e uma divertidíssima prestação de Lília Cabral.
Apreciação: ***** Um bom filme, a não perder. Boa introdução às comédias brasileiras.



Ágora: Um filme histórico, que realça o papel da mulher, a crise de religiões e a destruição do conhecimento, na época da queda do império romano. Excelente a nível de pesquisa histórica, coisa que obviamente resulta num enredo extremamente chato e sofrível.
Apreciação: ** Para ver quando se está a frequentar uma cadeira de cultura clássica romana e não apetece estudar.



Aquele querido mês de Agosto: Um filme sobre a falta de dinheiro para filmes, mas que sobretudo faz uma excelente recensão acerca da cultura popular e regional. Boa abordagem, mas com um ou dois planos desnecessários. Chateia um bocado ver um carro dos bombeiros durante uma música inteira do Marante.
Apreciação: ***** Para ver quando se tem saudades de uma boa festa de aldeia acompanhada de 14 imperiais.



2012: Seria óptimo se fosse uma sátira aos filmes de acção americanos. Mas não é. É mais uma sessão de explosões, driftings e de "somos o centro do Mundo".
Apreciação: *** Para ver numa tarde chuvosa de domingo, se passar na TVI.



Second Life: Uma história trilingue que tenta assumir-se como filme de suspense, mas que tem como ponto alto as mamas da Cláudia Vieira e das outras duas que se comem na cama enquanto se fotografam e snifam coca.
Apreciação: ** Para ver quando quiserem confirmar se as mamas da Cláudia Vieira têm ou não têm silicone.



Nine: Um musical que tenta transpor o figurino de Chicago para o ambiente italiano da década de 60, mas que falha redondamente o objectivo porque se esqueceram de usar boa música. Uma perda de tempo.
Apreciação: * Para ver se quiserem mesmo mostrar à vossa namorada que a amam e que estão dispostos aos maiores sacrifícios pessoais por ela. E este é mesmo dos grandes.



Assim é a vida: Um clássico do magnífico trio Aldo, Giovanni e Giacomo, que se baseia em factos verídicos para depois lhe construir por cima uma divertida possibilidade narrativa.
Apreciação: ***** Para ver se não conseguirem arranjar o "Três homens e uma perna", o melhor filme do trio.

.

44 comentários:

Bock disse...

Mas....... não percebo.
Não estavas confinado ao recato do lar?

Então.... como é que te desembrulhaste para ver tantos filmes que só anda estão nas salas de cinema???

Aaaaiiii, Tiago, tiago! Cheira-me a malandrice!

Bock disse...

... destes todos só vi o Sherlock Holmes. E gostei. Uma abordagem diferente. Nunca pensei que eles fossem irmãos.

Isa disse...

O título do post está muito giro, as apreciações muitíssimo bem definidas, muito obrigada, não vou ver nenhum e o que é que pensas do Invictus?

Isa disse...

ah e esqueci-me: tens que partir mais pés, que isto dá muito jeito.

Vani disse...

Bolas, que barrigada de filmes, cum catano!!!

Quero ver o Agora, mas fechar os olhos na parte em que ela é assassinada, camabada de alexandrinos da treta, nojentos dum raio, venham cá que eu mostro-vos o que são as passas do algarve...

Quero ver também o Zombieland, porque estou sempre com vontade de espancar alguém.

Tb gostava de meter o olho no imaginário do doutor parnassos, ou lá como se chama. Parece-se muito com os meus sonhos.

Quis ir ver os matadores de cabras, mas tive medo que fosse demasiado idiota. Confio em ti, hei-de ir ver, um destes dias. Se partisse uma perna era o ideal.

Andas numa de sandokan!

tiagugrilu disse...

Epá, não vejas o Parnassus. é uma perda de (muito) tempo.

- E o Ágora, idem.

tiagugrilu disse...

Bock,

Deus criou a Internet para isto. Para cópias de segurança dos filmes que estão no cinema.

- Se houver uma catástrofe mundial, procurem o meu disco externo.

tiagugrilu disse...

Ah, o Invictus vou ver hoje. Depois de me actualizar com o Batman - o cavaleiro das trevas, que não vi na altura.

Depois deixo o veredicto.

Vani disse...

eh pah, mas eu gosto de fingir que vou a aulas de cultura clássica...sempre se aprende algo, pelo que contas. Aprender é bom!

Se houver uma catástrofe mundial, procuramos mas é o teu baú do tesouro, Sandokan.

Vani disse...

Falas mal desse Batman e saberás o que são as passas do algarve!!!

Vani disse...

Tb tens de ir ver o Tudo está bem...não sei se é este o nome...o do Woody Allen...

Vani disse...

"Tudo pode dar certo", é esse o nome.

tiagugrilu disse...

Esse "ir" é jocoso, não é?

- Mas faz parte dos meus planos, sim. Depende do que estiver dispon... em cartaz.

(só arranjo blockbusters...)

tiagugrilu disse...

Quanto ao Invictus, já saq... comprei o bilhete.

Nawita disse...

Ah ah ah ah ah
Fantástico homem!
És muito mais melhor bom que aquele outro da sic cujo nome me escapa agora.
Tenho que ir mais ao cinema!

Vani disse...

tu disseste "vou ver". Eu disse "ir ver". O verbo é o mesmo, pah. Prefiro o termo engraçadinha, faxavor. Jocoso é assim, sei lá, pesado, grande, viscoso...sempre q me falam em algo jocoso, associo imediatamente a algo viscoso...sei lá porque.

Vani disse...

Tb dizes, "a miiiiiiiiiim camaradas", como o sandokan?

Vani disse...

Seja lá o que os pi...pipipipipi!...os sandokans, perdão, dizem quando berram à abordaaaaageeeeem! Cuidado não apanhes nenhum Asteriz e Obelix em pleno alto mar.

Vani disse...

e sim, os sandokans dizem enquanto berram!

tiagugrilu disse...

Não. Sou hetero.

Vani disse...

ok...horas de me por na alheta...isto de trabalhar de noite é uma seca do caraças :(((((((((

e logo à segunda feira...

Vani disse...

tu não me estás a dizer que o sandokan não era hetero, pois não?...

Vani disse...

o sandokan-tira-lhe-as-cuecas-e-o-sotiã ?...

O mundo tá perdido, pá, daqui a pouco não há espécimes para acasalar!

Vani disse...

não é que eu ande por aí à procura de espécimes para acasalar. OK?..

Nawita disse...

Os sandokan dizerram!
Ah ah ah ah ah ah

Isto fazia sentido ali mais acima, agora está atrasado. É que há quem respire entre comentários.

Bock disse...

Epá, então um gajo larga uma imbecil atoarda daquelas de 'os gajos serem irmãos' no sherlock Holmes e ninguém me pergunta se eu estarei bom do juízo, ou se eu meti harpic nas carótidas? Ou pelo menos se não estaria a ser um néscio por estar a revelar spoilers de filmes, oh cum camandro?

Francamente, pá.

:D

Nawita disse...

Bock,
Ia falar nisso mesmo.
É que vi o filme e estava a ver que não tinha percebido nada.
Gostei das roupas que eles usavam, sempre muito bem vestidos.
e eu não me importo que me contem os filmes, preciso de saber como acaba antes de o ver, como os livros.

Isa disse...

Nawita, LOL



Pás, que é isso agora do sandokan? falam-me nisso e só vejo olhos verdes. Vamos parar???


Grilu, não se se já saq ... compraste bilhetes para a Anticristo. Depois se te apetecer e não for pedir muito, diz aí qualquer coisinha.

'tagradecida.

A disse...

porra! eu também quero disto para mim...

-onde é que tu partiste o pé, mesmo?

Vani disse...

no pé. Dah...

Isa disse...

dah dah dah dah dah dah

(tou co nariz entupido)

grassa disse...

Agora sabemos o que é que falta ao Mário Augusto: um pé partido.

anatcat disse...

LOL LOL LOL LOL..................

Miúdo, és o mÁior!

De pé espatifado, então!

Espera aí que vou ler o post outra vez...

tiagugrilu disse...

eheheheh...

- Estou numa de partir o pé ao mário augusto. Sexta-feira dá-vos jeito?

Vani disse...

FORÇA!!! PARTE-LHO! :D

Alexandra disse...

Adorei o Diva.

tiagugrilu disse...

Foste ver? Antes ou depois da minha sugestão?

- Estou a começar a sentir-me útil!

Alexandra disse...

Antes. Também tenho o fascínio pelas classes altas cariocas. E pelo Zé da praia de bumbum empinado.

tiagugrilu disse...

oooooooh...

- Eu não tenho grande fascínio pelas classes altas do Rio, tenho é por bons filmes.

Mas não diria que não a uma estadia no hotel copacabana palace, se me dessem bom vinho e bossa daquela que é nova.

Alexandra disse...

Qual Copacabana Palace! Fasano.

Copacabana está muito degradada, assaltos, prostituição, turista americano e muita gente da favela (Não propriamente a gente boa.)

O Fasano é lindo e com vista para o arpoador e belo surf.

Alexandra disse...

http://www.fasano.com.br/site_hoteis_br.php

tiagugrilu disse...

Epá, pode ser um hotel todo pipi e cheio de salamaleques, mas não tem alma. Antes ser assaltado todos os dias e ficar no copacabana palace.

Alexandra disse...

Aí é que está. A alma de Copacabana já se foi toda. Literalmente mudou-se.

tiagugrilu disse...

Bem, percebi agora que o Nine é uma recriação do 8 e 1/2 do Fellini. Mas em mau.

- Sim, só hoje é que estou a ver pela primeira vez o 8 e 1/2.