2010-10-12

Moca de Rio Maior


A moca de Rio Maior ficou célebre por ter sido a arma usada no Verão Quente de 75 pelos militantes do Partido Popular Democrata na eficaz desmobilização de uma facção simpatizante do Partido Comunista Português que havia ocupado o Grémio da Lavoura de Rio Maior.

- Basicamente, quando Pedro Santana Lopes se refere ao seu partido como o pêpêdê pê-éssedê, o que ele realmente quer dizer é Vêláselevasumamocadaómeucabrãodemerda-PSD.

Acho mal. Demasiado violento. Proponho desde já a Pedro Passos Coelho - homem pacífico e pelos vistos inócuo - que altere a designação para algo mais próximo da realidade do Portugal dos nossos dias, algo que reúna os votos de todas as donas de casa que vêm as novelas da SIC. E olhe que não são poucas... Veja lá o que acha:

PêpêRapazote-PSD


- Hum, que tal?





Mais informação sobre a Moca de Rio Maior aqui


.

22 comentários:

  1. E o que é que escreveste em PS?

    ResponderEliminar
  2. Grandes mocas já apanhei eu, mas nunca em Rio Maior.

    ResponderEliminar
  3. explica lá isso melhor.

    ResponderEliminar
  4. pêpê era o q a minha sobrinha do meio chamava à chupeta...

    ResponderEliminar
  5. A chupeta do rapazote?

    ResponderEliminar
  6. Mamã, mamã, a pilinha do Joãozinho parece mesmo um amendoim!!!!


    Porquê, minha querida, é pequenina?


    Não, mamã, é salgadinha!!!!

    ResponderEliminar
  7. Inócuo, incolor, insosso e desconfio que inodoro. Ao contrário do Santana Lopes que é só um nojo, este sempre reune mais predicados.
    Ou então não, se dissermos só placebo, então fica ela por ela.

    ResponderEliminar
  8. pê quê pê a moca de rio maior. aquilo são cenas de ferro?

    ResponderEliminar
  9. Rapazote!
    Rima com epiglote.
    E com Iscariote.
    E com idiote, também.

    ResponderEliminar
  10. Mas afinal, de que espião é que estão a falar?

    ResponderEliminar
  11. Qual espião?
    Eu só li sobre temas cujas conotações e tendência desviante rumo a pretensões suxualmente minoritárias deixo à V/ consideração, a saber: as mocas de Rio Maior, a Chupeta do Pêpê Rapazote e a epiglote do Tiago-o-Grilu.
    Ah, e de como o UHUF gosta de andar por aí a levar com mocas. whatever that is.

    ResponderEliminar
  12. 'suxualmente' foi umu grulhu.
    Dusculpum-me.

    ResponderEliminar
  13. O espião é esse Rapazola, de quem vocês todos falam. Quem é esse?

    ResponderEliminar
  14. Gata, eis o facínora:

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Pep%C3%AA_Rapazote


    (conhecias um site chamado google? metes,lá o que queres saber* e tungas)





    (*Escusas de tentar a chave do próximo euromilhões.)

    ResponderEliminar
  15. Ai, esta virgulite.

    ResponderEliminar
  16. Ah, é este? O que fazia de anjo numa publicidade qualquer, não é?

    Ah. Obrigada, Bock!

    Mas olha, não me voltes a enganar, tá? É que fui lá à desse* sítio que disseste, escrevi "Quem é que no seu perfeito juízo adopta o nome artístico de Pêpê?" e não saiu de lá nada!


    *"ir à da/do" é um dos regionalismos que ainda hoje, passados uma porrada de anos, me dá uma vontade de rir incontrolável.

    ResponderEliminar
  17. de nada, Gata.

    Não há lá nada porque - provavelmente - o nome é o que ele sempre usou, desde piquenito.

    Há que saber perguntar as perguntas certas.

    A racionalidade do google é assim um bocado como a cena da fé como pré requisito para acreditar em Deus. Ou tens ou não tens, e no teres ou não teres sem fazeres ondas sobre o assunto é que está o busílis da questão.

    É tudo muito fácil, portantos.

    ResponderEliminar
  18. Estás-me a chamar burra, ainda que de uma forma mais ou menos educada?

    ResponderEliminar
  19. Não, estou a dizer que te falta capacidade para acreditar nas respostas do Google, assim como te faltaria a fé se estivéssemos a falar da crença numa entidade divina.

    Logo, estou a chamar-te exactamente o contrário de burra.





    ... acho eu, pá!

    ResponderEliminar
  20. e como raio descobres tu estas coisas?!? :)

    ResponderEliminar
  21. É que eu tomo banho com Dove-cóltura-sem-interesse-práctico suave todas as manhãs...

    ResponderEliminar