2009-11-25

Para os amantes do vinil

(Não, não estou a falar nem do vinil para vestir nem daquele para por no chão das cozinhas)



.

71 comentários:

  1. Não sabia que havia vinil para o chão da cozinha!

    ResponderEliminar
  2. Bock11:34

    Realmente... costuma ser mais linóleo...

    ResponderEliminar
  3. Linóleo é para quem, como eu, não tem dinheiro para isto:

    http://www.tarkett-commercial.com/floors/site/pt-pt/topic/lvt/offer.asp

    ResponderEliminar
  4. Este blog é cada vez mais uma espécie de Querido Mudei a Casa.

    ResponderEliminar
  5. Ui! De repente fiquei com uma vontade enorme de mudar o chão de casa para um Vinílico Compacto – Heterogéneo!

    Linóleo é triste, sobretudo quando já está meio gasto, sem falar que não dá para te deitares no chão.

    olha é tão triste com a maquilhagem da simone!

    ResponderEliminar
  6. Bock11:48

    Realmente, o vinil rula, até nos pavimentos.


    Mas vamos lá a ver, vinis e linóleos à parte, o queque vocês têm contra um chão de ladrilhos, ou azulejos, ou lá como é que se chama aquela porra?

    Ele há-os bem giros, são mais baratos, e se forem bem limpos, Nawita, não só te podes lá deitar - e rebolar - como até o podes lamber.

    Sempre achei piada à expressão: "A minha avó (é sempre uma coisa do passado longínquo...) era tão maníaca da limpeza que em casa dela até podias lamber o chão!"

    ResponderEliminar
  7. Yá. A mãe da minha namorada também limpa assim e também lhe dizem essa expressão. Eu não lambo, mas se cair uma fatia de fiambre para o chão, nem desconfio: como-a logo.

    ResponderEliminar
  8. - Que fique bem claro que eu não lambo nem o chão nem a mãe da minha namorada.

    ResponderEliminar
  9. Bock,
    Ladrilho ou azulejo na cozinha sempre! Qual linóleo qual vinil!

    Epá, rebolar sim, lamber prefiro não o fazer e olha que também sou muito exigente com a limpeza.

    ResponderEliminar
  10. Bock11:55

    Mas usas a mão para te afiambrares à fatia que te ofereceu a mãe da tua namorada, ou vais lá abaixo e apanhas com a boca?
    ...a diferença está toda aí!

    ResponderEliminar
  11. Grilu,

    Fiquei mais chocada com o fiambre, pois presumo que seja de porco.


    Um gajo de gatas a comer fiambre do chão...

    ResponderEliminar
  12. Bock11:58

    Mas não 'estavaindes' a falar de cozinhas?

    Se calhar fui eu que percebi mal...

    Ando a descarrilar.

    Qual scooter à chuva a descer em zig-zag calçada de pedra e com carris de eléctrico. Weeee!

    ResponderEliminar
  13. Estávamos sim, no inicio. Mas eu nunca associo linóleo ou vinil ao chão da cozinha, passo logo ao modo ladrilho!

    Isso é o Grilu que tem hábitos estranhos e coiso!

    ResponderEliminar
  14. Wowowowow... De gatas no chão, só se for a afiambrar-me a alguém.

    ResponderEliminar
  15. Sabes Grilu, por vezes dizes coisas que me deixam deveras confusa.

    ResponderEliminar
  16. mas atenção, eu não julgo!

    ResponderEliminar
  17. Gostei do vídeo. E assim de repente já gosto mais da Simone.

    Desculpem interromper.



    (Estavas no "petrás", grilu, continua...)

    ResponderEliminar
  18. ( não ... era a Nawita que dizia qualquer coisa...Ahhh ... "que não julgo!").

    ResponderEliminar
  19. O quê, vocês julgam que eu nunca me afiambrei a niguém petrás no chão de uma cozinha...?

    ResponderEliminar
  20. Bock12:11

    Não, espera, ele estava na cozinha - com a mãe da namorada - a apanhar fiambre do chão de vinil com a boca.

    Assim é que era!

    ResponderEliminar
  21. Aposto que a Isa marcha atrás.

    ResponderEliminar
  22. Isso era de primeira...

    ResponderEliminar
  23. O Grilu estava de gatas no chão de linóleo da cozinha da sogra a comer uma fatia de fiambre de porco enquanto afiambrava alguém petrás.

    O grilu é contorcionista não é? Enfim, alguém tem que ser contorcionista nesta história.

    Ó grilu, envia isto à wikipédia, para o kama-sutra.

    ResponderEliminar
  24. Quanto é que apostas, Grassa?




    É em R de rectaguarda, Grilu.


    De primeira sou eu.

    ResponderEliminar
  25. Correcção:

    O Grilu estava de gatas no chão de linóleo da cozinha da sogra a comer uma fatia de fiambre de porco enquanto afiambrava alguém petrás com a perna extra.

    ResponderEliminar
  26. LOL!

    Com as havainas calçadas não é?

    ResponderEliminar
  27. Aposto muita coisa, Isa.

    Aposto, por exemplo, que por detrás de ti está um grande homem.

    ResponderEliminar
  28. E apostas muito bem Grassa. Não está é por detrás, está ao lado.

    E é um gajo de sorte.

    ResponderEliminar
  29. E consegue dar a volta ao mangueirão?

    ResponderEliminar
  30. Bock15:02

    Isto agora dava pano para mangas.

    Só o mais profundo sentido de não sei bem o quê me coíbe de largar já aqui uns quantos bitaites de grosseiríssima índole...

    ResponderEliminar
  31. Coíbes não são aqueles charutos do Fidel!

    ResponderEliminar
  32. Nunca vi charutos à venda no Lidel...

    ResponderEliminar
  33. Bock15:30

    é capaz disso, pá.

    ResponderEliminar
  34. Bock15:32

    Isso é porque não procuras debaixo dos assentos das operadoras de caixa...

    ResponderEliminar
  35. Epá nem sei o que me coíbe de fazer uma piada com assentos e acentos e cohibas e com o facto de sermos um povo que gosta de ser enganado e andarmos com a revolta entalada porque não gostamos de dizer nada!

    ResponderEliminar
  36. Bock15:35

    Revolta enlatada?
    Isso também é no Líder?

    ResponderEliminar
  37. Bock15:36

    Revolta enlatada???
    Também nunca vi no Líder.

    ResponderEliminar
  38. Euh… não, é no Éclerc!

    ResponderEliminar
  39. Bock15:40

    Há revolta enlatada no Éclair?

    O fecho? Ficou lá alguma coisa entalada?

    ou o bolo?

    ResponderEliminar
  40. sim Bock, é a choucroute!!

    epá bolo entalado no fecho é que não sei!

    ResponderEliminar
  41. A Simone parece um drag queen...

    ResponderEliminar
  42. Bock16:16

    Ah, ah, ah! Realmente... é curioso como às vezes nos enganamos em relação às pessoas...








    Sempre pensei que fosse uma traveca!

    ResponderEliminar
  43. Aaaah... então é isso... "Drag Races" são corridas de travecas?

    ResponderEliminar
  44. Bock16:40

    Não isso são as corridas, sejam lá elas quais forem, em que entra aquela magana da África do Sul.

    ResponderEliminar
  45. Mas só é mais rápida que as outras porque corre com três pernas.

    ResponderEliminar
  46. Yá. É como o fiambre da nobre.

    - Esta caixa de comentários é uma autêntica pescadinha de rabo na boca.

    ResponderEliminar
  47. Esse não é aquele cantor feioso, o gótico?
    Ninguém diz, eu volto já com o nome!

    ResponderEliminar
  48. Bock17:07

    Ela às vezes parece que dá pequenos saltos no ar em vez de estar a correr.

    É que a terceira perna é de ponta e mola.

    ResponderEliminar
  49. Bock17:09

    O Marílio Mansão?

    Pescada de rabo na boca?
    Então mas não eras tu a chafurdar em filete afiambrado no chão?

    ResponderEliminar
  50. O Marílio diz que metia era a pixota na boca, pá. Para meter orabo na boca, precisava de tirar mais umas costelas e alargar os maxilares.

    ResponderEliminar
  51. Epá ó Bock, eu pedi para esperarem!
    Caramba que coisa!

    Ó Grilu olha que não sei se teria que ser assim, tudo depende da volta que dá.
    Mas vou confirmar com a prof de yoga e depois venho aqui esclarecer.

    ResponderEliminar
  52. Sim, venho contar porque sei que é uma informação deveras importante!

    ResponderEliminar
  53. Bock17:15

    Ui.
    Mas agora anda-se ao yoga para fazer como os cães????

    No meu tempo era para elevar o espírito e diminuir a ferruge...

    ResponderEliminar
  54. Bock,
    E tens razão. Eu vou só perguntar se é possível o tipo fazer aquilo sem tirar costelas.

    ResponderEliminar
  55. O gajo não tirou as costelas. Tirou foi um curso da CEAC chamado "como vender cd's apenas com boatos e maquilhagem".

    ResponderEliminar
  56. Só eu é que não aprendi nada disso na escola, nem na faculdade. Tantos anos a estudar para nada!
    Onde é esse ceac? Isso existe mesmo?

    ResponderEliminar
  57. pois nawita, só com estes mecinhos é q s'aprende algo, como "traveca". Eu passava-me com yoga, não fui nascida para cenas como yoga (tipo, stressa-me a montes essa coisa de ter de fechar os olhos, sabes...).

    Não é preciso tirar costelas para chegar com a boca ao fim das costas. Basta ser-se contorcionista. Ou com treino ou pq se nasceu com as articulações mais laxas que o normal.

    ResponderEliminar
  58. Foda-se que este caixote de comentários está mesmo laxo.

    ResponderEliminar
  59. Vani,
    Passa cá mais vezes que eles ensinam muita coisa!

    Fechas os olhos mas não precisas de tirar o soutien!

    Eu pensava que também não dava para mim, e o que me ria, e rio ainda, quando fazemos alguns exercícios e mais ainda na hora do ôooooooooooooooooooooooooooom!!

    ResponderEliminar
  60. "Fechas os olhos mas não precisas de tirar o soutien!"

    Malta, é nisto que temos que trabalhar. Tem que haver mudanças para estes lados.

    ResponderEliminar
  61. Eu costumo ler este blog sem soutien. Há problema?

    ResponderEliminar
  62. Grilu,
    LOL


    AD,
    Ao menos usas um creme reafirmante? Importante hidratar as meninas todos os dias!

    ResponderEliminar
  63. Não sei porque é que gastam dinheiro nesses cremes. Eu teria todo o gosto em reafirmar isso. Tipo "sim, sim, são mamas."

    ResponderEliminar
  64. AD,
    Elas são como as plantas, gostam de ser regadas e que falem com elas!
    Creme e conversa!

    ResponderEliminar
  65. E infelizmente também murcham. Ouvi dizer.

    ResponderEliminar
  66. Nawita11:05

    por falta de creme e conversa!

    ResponderEliminar
  67. Ok. Não vou ser eu...

    - Ó Graaaaaaaaaassssaaaaaaaaaaaa...

    Chega aqui, fáshavor.

    ResponderEliminar
  68. E PW, tu também, faxavor, que preciso de te responder.

    Só hoje é que li.

    ResponderEliminar