2008-05-29

Imodium Rapid


A verdadeira publicidade de merda.

Tenho a certeza que todos quantos estão neste momento a ler isto sentem o mesmo que eu em relação ao anúncio televisivo do Imodium Rapid. Quantos de nós já fomos interrompidos à hora da refeição com a bela referência à diarreia? Quase todos, aposto.

"Imodium Rapid pode parar a diarreia antes que a diarreia nos pare a nós"
"Imodium Rapid, porque a diarreia aparece sempre nas piores alturas"

...Tal como a publicidade. Pelo menos comigo, aparece-me o anúncio na TV sempre que estou a começar a comer crepes com Nutella, pão com Tulicreme ou aquele feijão preto esmagado que servem no mexicano. E são três coisas que eu aprecio comer sem me gritarem insistentemente aos ouvidos a palavra DIARREIA.

Não conheço no léxico português palavra mais gráfica do que diarreia. Se representasse um conceito belo, seria poesia numa só palavra, onomatopeia bela e rara. Mas, infelizmente, o conceito por detrás da palavra é...: Merda Líquida. Em americano, Liquid Shit. Nada a fazer.

Já que andamos em época de acordo ortográfico, podíamos aproveitar a reedição dos dicionários de língua portuguesa e substituir a palavra "diarreia" por um termo menos escorreito. Porque não oficializar a "caganeira" em vez da nojenta diarreia? Um gajo dizer "eh pá, acho que tou com caganeira" é bem mais simpático do que informar "ai, e tal, acho que estou com diarrrrrrreia". Acabe-se com a diarreia e institucionalize-se a caganeira!

À consideração dos Exmos. Senhores Doutores

Malaca Casteleiro,
M.ª Helena Mira Mateus,
Madalena Colaço,
Fernanda Menéndez,
M.ª de Lourdes Crispim.

3 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

concordo!...e olha nesse caso, e aproveitando o balanço..eh pá...dêem um olhinho à palavra verborreia, porque apesar de enunciar um conceito eloquente em referência à boa dicção...a mim só me faz lembrar um gajo a cagar-se todo da boca pelo pescoço abaixo...e isso não é mto bonito!...vá lá ver isso!

João Carlos disse...

podes sempre não ver televisão à hora das refeições.